RSS

Pilotando… de verdade! Uhuuuu!!!!

09 out

Hoje o post é diferente. Muito diferente! Que eu piloto o fogão lá de casa todo mundo já sabe, mas que eu adoro carros e adoro ¨pilotar¨ a maioria não imagina.

Pois é, minha paixão por carros é antiga, vem lá de pequeninha, quando eu ganhei um macacão e pude sentar ao volante do Fuscão vermelho do meu pai. Cresci acompanhando corridas de Fórmula 1, principalmente vendo o Senna, de quem sempre fui fã.. Um ídolo pra mim, alguém que eu gostaria muito que ainda estivesse por aqui…

Pilotando...

Entre meus brinquedos, alguns carrinhos de ferro: um Alfa Romeu, um Puma e um Opala. E o que muitos meninos na minha escola sonhavam, uma cegonheira com controles sobre a cabine e alguns carros que guardo até hoje. Arrastei muito meus joelhos no chão de casa tentando manobrar a cegonheira, ô coisinha difícil. Mas antes que alguém estranhe, eu brincava muito com a Susi, a boneca da minha época.

Cresci observando meu pai dirigir, sonhava com o dia em que iria aprender e quem sabe me tornar pilota. Mas as coisas não começaram muito bem… minha primeira experiência dirigindo foi só aos 17 anos, quando num dia deserto na praia, meu pai me convidou para darmos umas voltas na quadra. Nunca tinha tentado arrancar um carro, o máximo que fazia era sentar no lugar do motorista, pisar na embreagem e fazer as marchas com o carro desligado. Meu pai estava preparado para uns pulos e apagões, quando eu tentasse arrancar. Não foi o que aconteceu…eu pisei fundo no acelerador, arranquei deixando as marcas de pneu na rua e meu pai, num misto de admiração e pavor a meia quadra de distância da arrancada me falou: coloca a segunda!

Depois disso, fui pra auto-escola e não aprendi nada! Comprei a carteira e quando fui sair novamente com a Brasília do meu pai, não conseguia arrancar de maneira alguma. Fiascos à parte, saí algumas vezes do carro marchando esbravejando que iria rasgar a carteira. Pra quem não sabe, tenho mania de perfeição e nunca gostei de aprender errando, sempre achei que devia sair fazendo, e perfeitamente! Jura!!!

Mas meu amor por carros não diminuiu, e nem eu rasguei a carteira. Saí mais algumas vezes arrancando meio às avessas,  e aos poucos voava baixo com a brasilia. Até que um dia fui pegar a brasilia para que eu e minha irmã fossemos na padaria…O carro estava estacionado num terreno ao lado da casa na praia, e, detalhe: com várias árvores. Dei ré, e pronto: virei a direção pro lado errado e a brasília ficou com o paralama trancado na árvore. Minha irmã até disse que não tinha acontecido nada, mas o carro estava inclinado, e meu pai teve que cortar a árvore pra tirar a brasilia sem estragar mais.

Depois disso, quase não dirigi mais, …achei que nunca seria uma boa motorista…

Mas isso acabou depois que casei e o maridex me deixou com carro e me empurrou pra direção. Fui andando e pegando confiança. Logo já estava confiante e dirigindo bem. Muito bem!!!!  E quem sabe um dia, não faço um curso de pilotagem e acabo pilotando de verdade? Quem sabe? Por hora, só kart e esse test drive que fiz no Velopark, autódromo aqui no Rio Grande do Sul. Eu simplesmente adorei…

 

Aqui o carro que eu guiei:

E aqui, eu toda boba antes do test drive:

tão boba quanto na foto lá de cima, com o macacão…

Um abraço,

Alessandra

Anúncios
 
9 Comentários

Publicado por em 9 de outubro de 2011 em DIVERSAS

 

Tags: , , , ,

9 Respostas para “Pilotando… de verdade! Uhuuuu!!!!

  1. Bethânia

    10 de outubro de 2011 at 13:02

    esse assunto me deprime… =(
    tenho medo de dirigir! é um sacoo.. fico dependendo da minha mãe e da minha irmã pra me levarem pros lugares.
    pq quando fiz 18 anos, tirei a caretira normal, passei em tudo com 10, mas era numa cidade super pequena, que nem semáforo tinha. aí, como eu não tinha carro, nunca mais pratiquei, e em 2009 me mudei pra Porto Velho, e nunca peguei no volante. tenho medo desse trânsito maluco (aqui tem ruas ruins, muitos buracos, motoristas burros e imprudentes), acho que vou bater, ou vão bater em mim… aff..
    e minha irmã que fez 18 ano passado dirige normalmente todo dia como se fosse a coisa mais fácil do mundo =[
    preciso tomar coragem e ir pra auto escola fazer algumas (muitas) aulas!

     
    • Bethânia

      10 de outubro de 2011 at 13:06

      *carteira

      e hoje tenho 26, ou seja, há 8 anos tirei a carteira, que já venceu, revenceu…

       
      • Alessandra

        10 de outubro de 2011 at 13:29

        Bethânia!
        Comigo foi quase a mesma coisa, tb tinha medo de fazer algo errado, de bater, ou de baterem em mim. Só mudei qdo o maridex me empurrou e disse que eu era capaz. Todo dia de manhã era a mesma coisa, eu descia 18 andares de elevador, qdo chegava na garagem tinha que voltar porque me dava ¨dor de barriga¨(não acredito que estou falando isso)
        Eu planejava o caminho que iria fazer, se tinha muito movimento, se tinha morro, etc.. era uma tortura.
        Aos poucos fui me encorajando e principalmente, confiando em mim. Outra coisa, que me disseram e que eu nunca esqueci, é que ninguém quer bater em você, então é só ficar na tua e não atravessar de um lado para o outro que tudo dá certo.
        Agora vou te dizer uma coisa, tens que parar e decidir o que queres pra tua vida. Dirigir normalmente, ou ser dependente dos outros? No início é bem difícil, dá vontade de desistir, mas não vale a pena. Tem que ir em frente.
        Outra coisa, eu tenho certeza que tu é capaz, é só tu acreditar.
        Beijo e boa sorte. Estarei torcendo por mais uma ótima motorista – TU!

         
  2. Lizandro

    10 de outubro de 2011 at 9:47

    Show!!! O primo (piloto aposentado temporariamente) esta orgulhoso!!!! Hehehe

     
    • Alessandra

      10 de outubro de 2011 at 11:38

      Fico feliz que tenha gostado e mais ainda pela aposentadoria temporária. Quero te ver novamente…

       
  3. Fernanda

    10 de outubro de 2011 at 8:50

    Igualmente amante do automobilismo, mas desta vez resolvi curtir a máquina na carona. Registrei tudo e confirmo que minha irmã pilota tão bem quanto no fogão.

     
    • Alessandra

      10 de outubro de 2011 at 11:40

      Mas tu também já andou pilotando, né? Eu vi e filmei tudo…bjus

       
  4. Barbrinha

    9 de outubro de 2011 at 22:44

    Tbem AMO dirigir!!! É um misto de liberdade com viagem de pensamentos!!

    Beijos e fiquem com Deus

    Barbrinha

     
    • Alessandra

      10 de outubro de 2011 at 11:40

      E não é? Adoro!!! Bjus

       
 
%d blogueiros gostam disto: